Jovem palestina morre baleada após supostamente atacar policiais israelenses

Jerusalém, 19 out (EFE).- Uma jovem palestina morreu nesta quarta-feira baleada pela Polícia de Israel, depois de, supostamente, tentar esfaquear um agente no posto de controle de Tapuach, no norte do território ocupado da Cisjordânia.

De acordo com o porta-voz da corporação, Micky Rosenfeld, a jovem, de 19 anos, iniciou ataque e, por isso, houve resposta com tiros.

Imagens divulgadas pela polícia mostram a jovem caída no chão, com uma arma branca, de grandes dimensões, nas mãos. Segundo a versão dos agentes que estavam no local, o instrumento foi utilizado no ataque.

Desde outubro do ano passado, a região vive uma onda de ataques de palestinos contra israelenses, especialmente contra forças se segurança e colonos.

Nestas ações, segundo o Ministério de Relações Exteriores de Israel, morrerram 234 palestinos, mais de dois terços deles, apontados como agressores. Além disso, 38 israelenses perderam a vida, além de quatro pessoas de outras nacionalidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos