Polícia turca mata suposto terrorista do Estado Islâmico

Ancara, 19 out (EFE).- A polícia da Turquia matou nesta quarta-feira, em Ancara, um suposto membro do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) que era suspeito de ter intenção de realizar um atentado, informou a agência semiestatal "Anadolu".

A ação aconteceu por volta das 3h (hora local) em uma operação contra a casa onde se escondia o suposto terrorista suicida, identificado como o cidadão turco Ahmet B., de 24 anos, na cidade de Adana.

Os agentes antiterroristas exigiram que suspeito se rendesse, mas este respondeu com disparos de dentro do imóvel, o que deu início a um tiroteio onde o rapaz acabou sendo morto.

Na casa, os policiais encontraram uma grande quantidade de explosivos, que poderiam ser destinados para diversos atentados suicidas, assim como pelo menos 400 peças de metal pequenas que acentuam o efeito destrutivo das bombas.

O governador de Ancara, Ercan Topaca, disse que o suposto jihadista tinha sido visto antes três vezes perto do mausoléu de Mustafa Kemal Ataturk e dando voltas em torno ao antigo edifício do parlamento, ambos localizados na capital do país.

As autoridades acreditam que ele planejava um atentado para o próximo dia 29 de outubro, o Dia da República, ou para o dia 10 de novembro, a data da morte de Ataturk, fundador da Turquia moderna.

Por outro lado, a emissora "CNNTurk" informou que a polícia turca realizava hoje várias operações contra o EI e contra casas onde supostos militantes do grupo jihadista estariam escondidos, na província de Diyarbakir e em Istambul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos