Soldado da Otan morre e 5 ficam feridos em ataque na capital do Afeganistão

Cabul, 19 out (EFE).- Pelo menos um soldado da missão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão morreu e outros cinco ficaram feridos nesta quarta-feira em um ataque em Cabul, informaram fontes oficiais à Agência Efe.

"Um homem com uniforme do Exército abriu fogo na manhã de hoje contra as forças estrangeiras, matou um soldado que pertencia à (missão) Apoio Decidido e feriu outros cinco", indicou o porta-voz do Ministério da Defesa do Afeganistão, Dawlat Waziri.

O autor do ataque foi morto pouco depois por integrantes das tropas internacionais, segundo Waziri, que indicou que as autoridades afegãs montaram um grupo para investigar os fatos.

A missão da Otan no país, por sua vez, afirmou que também está investigando o ataque, mas não confirmou a morte do soldado.

As baixas entre as forças da Otan são pouco comuns desde que a organização encerrou sua missão de combate no país em janeiro de 2015. Desde então, porém, houve o registro de alguns "atentados internos" em que insurgentes se passam por soldados afegãos.

Em maio, dois membros da Apoio Decidido morreram em uma ataque contra uma base militar da província de Kandahar, no sul do Afeganistão, em uma ação reivindicada pelos talibãs.

A Otan tem mais de 12 mil soldados no Afeganistão em trabalhos de capacitação e assessoria para as forças afegãs, um nível que será mantido durante 2017.

Os Estados Unidos, por sua vez, contam com 9.800 militares como parte de suas missões de treinamento e antiterroristas, dos quais 8.400 ficarão além do final do mandato de Barack Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos