Trump decidirá "depois" se aceitará resultado das eleições

Las Vegas (EUA), 19 out (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na noite de quarta-feira que decidirá "depois" se aceitará o resultado das eleições do dia 8 de novembro, nas quais enfrenta a democrata Hillary Clinton.

"Direi depois. Vou manter o suspense", respondeu Trump ao ser questionado em Las Vegas pelo moderador do último debate presidencial, Chris Wallace, se aceitará o resultado da disputa.

O magnata nova-iorquino alertou que há "milhões de pessoas registradas para votar que não deveriam estar registradas para votar", ao alegar que as eleições estão armadas a favor da candidata democrata.

Esta rejeição de Trump se choca com as declarações de seu candidato a vice-presidente, Mike Pence, que garantiu que tanto ele como o companheiro "aceitarão o resultado das eleições e a vontade do povo americano".

A filha do magnata, Ivanka Trump, também afirmou na quarta-feira que o pai "fará o certo" e se mostrou confiante de que reconhecerá a vitória de Hillary caso seja derrotado das urnas.

A candidata democrata criticou que Trump, com suas contínuas insinuações de que as eleições estão armadas, "debilita a democracia" americana. Donald Trump também afirmou que as eleições estão manipuladas pela linha editorial dos veículos de imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos