Tufão Sarika afeta 3 milhões de pessoas no sul da China

Pequim, 20 out (EFE).- Três milhões de pessoas foram afetadas pelo tufão Sarika na ilha chinesa de Hainan, no sul do país, que causou graves danos nos campos de cultivo da zona embora por enquanto não haja informações sobre vítimas mortais, informou nesta quinta-feira a agência oficial "Xinhua".

O Sarika, 21° tufão que castiga o litoral chinês nesta temporada, chegou a Hainan na terça-feira transportando ventos de até 162 km/h, que o transformam no mais potente a atingir a ilha chinesa desde 1971.

Cerca de 660 mil pessoas foram evacuadas pelas fortes tempestades produzidas pelo tufão, que deixaram na ilha uma média de precipitações de 162 milímetros.

Em torno de 380 mil hectares de campos de cultivo ficaram danificadas pelas chuvas, e calcula-se que as perdas econômicas no setor agrícola cheguem a US$ 670 milhões, informou o governo provincial de Hainan.

O Sarika também causou imperfeições em várias estradas e pontes da ilha e paralisou o trânsito em algumas zonas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos