Matthew causou danos de mais de US$ 15 milhões ao turismo no Haiti

Porto Príncipe, 21 out (EFE).- O poderoso furacão Matthew, que devastou parte do Haiti em 4 de outubro, causou danos de mais de US$ 15 milhões ao setor turístico do país, afirmou nesta sexta-feira o ministro de turismo, Didier Hypolite.

"Pelo o que avaliamos até agora os danos ultrapassam os US$ 15 milhões. Eles são consideráveis", disse o funcionário haitiano em entrevista coletiva.

Hypolite ressaltou que o setor turístico é importante para esta nação, por isso que o governo continuará "avaliando e avançando rumo à reconstrução".

"Por enquanto não podemos esquecer que este setor que é tão importante", apontou, e explicou que os hotéis, as praias e restaurantes da região sul foram muito afetados pelo furacão.

Milhares de pessoas continuam nos acampamentos no sul, onde hoje segue caindo fortes chuvas, especialmente na cidade de Le Cayes, severamente afetada pelo ciclone Matthew.

O potente furacão deixou 573 mortos, 75 desaparecidos e cerca de 175,5 mil deslocados, segundo os números oficiais.

Uma das principais preocupações das agências humanitárias é uma alta do cólera, epidemia que afetou o Haiti após o terremoto de 2010, que deixou cerca de 300 mil mortos e 1,5 milhão de afetados. EFE

ed/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos