Inundações deixam 50 mortos e mais de 123 mil desabrigados no Níger em 2016

Niamey, 24 out (EFE).- Inundações registradas ao longo de 2016 e provocadas por fortes chuvas deixaram 50 mortos e 123 desabrigados no Níger, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira pelo Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha).

"As inundações provocaram a destruição de pelo menos 13.875 casas em todo o território do país", disse à Agência Efe Aboulaye Boubacar, da Célula de Coordenação Humanitária, um órgão técnico criado pelo governo e que abriga várias organizações humanitárias.

Boubacar explicou que as inundações afetaram as regiões de Agadez (extremo norte), Tahoua (centro) e Maradi (leste), que concentraram um terço das vítimas, assim como a região de Dosso (sudoeste), na qual pelo menos 2.000 pessoas foram atendidas.

"As autoridades do Níger e seus parceiros humanitários continuam com o fortalecimento de mantimentos e outros bens não alimentícios às populações afetadas", acrescentou Boubacar.

Os auxílios em mantimentos beneficiaram 11.997 famílias de um total de 16.730 afetadas, segundo o último balanço da Ocha, que ressaltou que o Unicef e a Direção Nacional de Defesa Civil forneceram assistência urgente de água, produtos de higiene e também outros bens não alimentícios para as vítimas.

Em 2015, 80.605 pessoas foram afetadas pelas inundações registradas no Níger.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos