Comboio com líder do Estado Islâmico foge de Mossul para Raqqa, diz ONG

Beirute, 25 out (EFE).- Um comboio de veículos do grupo Estado Islâmico (EI) deixou nas últimas horas a cidade de Mossul, alvo de uma ofensiva do Exército do Iraque, em direção à cidade síria de Al Raqqa, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo o Observatório, um dos carros que deixou Mossul teria levado o líder máximo do EI, Abu Bakr al Bagdhadi. Os 24 veículos 4x4 chegaram na noite de ontem à Raqqa, no nordeste da Síria, e depois seguiram para a periferia oeste da cidade.

Mossul, principal reduto do EI no Iraque, é alvo de uma ofensiva do Exército do Iraque e seus aliados desde a semana passada. Segundo o Observatório, 340 membros do grupo extremista morreram na batalha, entre eles vários menores de idade, chamados pela organização de "filhotes do califado".

O Observatório destacou que centenas de milicianos sírios do EI ainda estão em Mossul e outras partes do Iraque. Há cinco dias, a ONG revelou que dezenas de famílias de militantes do grupo e 45 "escravas" dos radicais já tinham fugido de Mossul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos