Irã apresenta seu primeiro "drone suicida"

Em Teerã

  • Meghdad Madadi/Tasnim News/AFP

    Objeto apresentado pela Guarda Revolucionária do Irã como sendo um "drone suicida", em Teerã

    Objeto apresentado pela Guarda Revolucionária do Irã como sendo um "drone suicida", em Teerã

A Guarda Revolucionária Islâmica do Irã apresentaram nesta quarta-feira (26) seu primeiro "drone suicida", capaz de levar material explosivo e se chocar com um navio ou um centro de comando em terra.

Segundo o site da força paramilitar iraniana Basij, que pertence à Guarda, o drone "não é capaz de transportar mísseis". No entanto, pode carregar "material com um alto poder explosivo e de modo que, com seu movimento de cruzeiro, atinja seu alvo, que pode ser um navio ou um centro de comando em terra, e pode se chocar com ele em alta velocidade".

O novo drone alcança uma velocidade de 250 km/h e 3.000 pés de altura, é capaz de amerissar e está equipado com câmeras militares de visão noturna.

No último dia 1º, o Irã apresentou outro drone, chamado "Saeqeh", a ultima versão iraniana dos aviões não tripulados da classe Simorgh, um modelo copiado da aeronave americana RQ-170 Sentinel interceptada em dezembro de 2011, quando entrou em território do Irã.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos