Grécia deporta 41 migrantes à Turquia

Atenas, 27 out (EFE).- A Grécia deportou nesta quinta-feira a território turco 41 imigrantes, a maior parte paquistaneses, em virtude do acordo de devolução assinado entre União Europeia (UE) e Turquia e que entrou em vigor em 20 de março deste ano.

Os 41, todos homens, foram transportado desde Mitilene, a capital da ilha de Lesbos, no Egeu, à cidade turca de Dikeli, no litoral oeste do país, em um barco fretado pela agência para a proteção das fronteiras da UE, Frontex.

Entre os deportados havia 23 paquistaneses, 13 argelinos, um iraquiano, um marroquino, um bengalês, um libanês e um nigeriano.

Entre eles, 20 não tinham apresentado demandas de proteção internacional, enquanto 17 viram rechaçadas suas reivindicações de asilo em segunda instância.

Desde o início do ano, a Grécia deportou à Turquia 716 pessoas no marco do acordo entre Bruxelas e Ancara 1.158 em virtude do acordo greco-turco de devoluções.

Além disso, desde a assinatura do acordo com a Turquia, voltaram voluntariamente a seus países de origem, através dos programas da Organização Internacional de Migrações, 255 pessoas que tinham entrado na Grécia por via marítima.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos