Ataque de coalizão árabe no Iêmen mata 40 presos e rebeldes houthis

Sana, 30 out (EFE).- Pelo menos 40 pessoas, entre presos e rebeldes houthis, morreram neste domingo em um ataque aéreo da coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita contra uma prisão iemenita.

Fontes de segurança informaram à Agência Efe que aviões dessa aliança bombardearam a prisão de Mulhaq, situada em um complexo policial perto do porto de Al Hudeida, no Mar Vermelho.

Os aviões lançaram três ataques com os quais destroçaram as instalações de segurança controladas pelos houthis, que incluíam a prisão e que ficavam no norte do porto.

Segundo as fontes, pelo menos 120 pessoas estavam detidas na prisão quando os bombardeios aconteceram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos