Combates na Turquia matam 3 soldados e 6 guerrilheiros do PKK

Ancara, 31 out (EFE).- Ao todo, três soldados e seis membros do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) morreram nesta segunda-feira em combates no sudeste da Turquia, informou a agência de notícia "Anadolu".

Os enfrentamentos aconteceram em Daglica, na província de Hakkari, fronteira com o Iraque e com o Irã e habitada pelos curdos. Nos combates, três soldados morreram e um ficou ferido, enquanto na operação posterior - com apoio aéreo do Exército - seis membros do PKK foram mortos.

O PKK e o governo turco suspenderam em julho de 2015 o cessar-fogo que durou mais de dois anos e meio e desde então morreram mais de 700 agentes de segurança turcos e milhares de guerrilheiros, além de centenas de civis, em enfrentamentos, bombardeios e atentados.

O PKK, considerado organização terrorista pela União Europeia, pelos Estados Unidos e pela Turquia, iniciou sua luta armada em 1984 em prol dos direitos da minoria curda no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos