Papa se reuniu durante 20 minutos com os reis da Suécia

Malmo (Suécia), 31 out (EFE).- O papa Francisco se reuniu nesta segunda-feira em privado durante 20 minutos com os reis Carlos XVI Gustavo e Silvia de Suécia no palácio real de Lund e depois juntos foram andando até a próxima catedral, onde será realizado um encontro de oração entre luteranos e católicos.

Francisco chegou às 14h local (11h, em Brasília) ao palácio do rei (Kungshuset) de Lund, onde era esperado por centenas de pessoas.

Francisco entrou no palácio, onde os reis da Suécia o aguaradaram, mas o encontro foi privado e não foram divulgadas imagens. A única informação sobre a reunião é que o papa presenteou os monarcas com um quadro feito durante o Jubileu da Misericórdia que representa as sete igrejas de Roma e as diferentes obras de caridade.

O pontífice argentino e os reis, sem nenhum dos filhos, saíram 20 minutos depois e chegaram a pé à próxima catedral para o ato ecumênico.

Francisco chegou hoje à Suécia para participar dos atos comemorativos dos 500 anos da Reforma luterana, convertendo-se assim no primeiro pontífice que participa de uma efeméride do cisma que aconteceu com o protesto de Martin Lutero em 31 de outubro de 1517.

O papa irá depois a Malmo, onde no Estádio de Hóquei será realizado uma cerimônia conjunta organizada pela Federação Mundial dos Luteranos para lembrar os 500 anos da Reforma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos