Papa pede fronteiras abertas a refugiados, mas "prudência" ao recebê-los

A bordo do avião papal, 1 nov (EFE).- O papa Francisco disse nesta terça-feira que os governos não podem fechar as fronteiras aos refugiados, mas também aconselhou "prudência" ao recebê-los e que esse amparo ocorra de acordo com as possibilidades de cada país.

"Em teoria não se pode fechar o coração a um refugiado, mas também é preciso usar prudência. Os governos têm que ser muito abertos na hora de receber, mas também calcular como podem fazê-lo", disse o pontífice no voo que o levou da Suécia de volta a Roma a jornalistas que o acompanharam a bordo, entre eles da Agência Efe.

Francisco, que havia participado dos atos comemorativos pelos 500 anos da Reforma protestante, explicou que, além da questão de receber os refugiados, é preciso também considerar "a capacidade de integração".

O papa afirmou que "não é humano fechar as portas, não é humano fechar o coração, e com o tempo se paga, e se paga politicamente". Mas Francisco acrescentou que também "se paga politicamente a imprudência nos cálculos de receber mais do que é possível integrar".

O pontífice lembrou que os refugiados que não se integram acabam "em guetos" e que "uma cultura que não desenvolve na relação com a cultura dos outros pode ser algo perigoso".

No entanto, o papa afirmou que a Europa não tem que ter medo da chegada de outras culturas, "porque a Europa foi construída com a integração de várias".

"O pior inimigo para os países que fecham as fronteiras é o medo, e o melhor conselheiro é a prudência", frisou.

Francisco também distinguiu emigrantes e refugiados ao considerar que "emigrar é um direito, mas que tem que ser regulado", enquanto "os refugiados fogem da guerra, da fome e de situações terríveis, e o status de refugiado precisa de mais cuidado e mais trabalho".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos