Lavrov critica EUA por não aplicar resoluções da ONU sobre a Síria

Atenas, 2 nov (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, criticou nesta quarta-feira os Estados Unidos por não aplicar as resoluções do Conselho de Segurança da ONU para resolver o conflito na Síria e afirmou que, se as medidas fossem tomadas com honestidade, a situação no país poderia melhorar.

Em reunião com o presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos, por ocasião de uma visita oficial a Atenas, Lavrov indicou que o grupo de trabalho sobre a Síria, presidido por Rússia e EUA, acertou o início imediato e incondicional das negociações políticas, a facilitação do acesso à ajuda humanitária e a luta contra o terrorismo, mas nada disso se materializou até o momento.

O chanceler russo lembrou que o próprio secretário de Estado dos EUA, John Kerry, afirmou que aqueles que quisessem fazer parte da solução do conflito deveriam cortar todos os vínculos com os terroristas, palavras que, quase um ano depois, seguem sem ser aplicadas pelos norte-americanos.

Lavrov reprovou, além disso, o fato de os EUA terem se retirado de acordos específicos para resolver problemas na cidade de Aleppo.

"Houve múltiplas tréguas humanitárias e, durante duas semanas, os aviões russos e sírios não realizaram operações na região. As pausas humanitárias foram exploradas sempre pelos terroristas para fortalecerem sua presença humana e militar", disse o chanceler.

O ministro russo citou que a parte leste de Aleppo está sob domínio da antiga Frente al Nusra, que controla todos os grupos ativos da região e tem moradores da cidade como reféns.

Apesar das críticas, Lavrov garantiu que Rússia, Estados Unidos, Arábia Saudita, Catar e Turquia mantêm os esforços conjuntos para encontrar uma solução e aliviar a situação na cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos