Sobe para 16 o número de mortos após explosões em navio no Paquistão

Islamabad, 2 nov (EFE).- O número de mortos pelas explosões em um navio-petroleiro que estava sendo desmantelado no Paquistão aumentou, nesta quarta-feira, para 16, enquanto as equipes de resgate tentam encontrar outros cinco trabalhadores que permanecem desaparecidos.

"Hoje pela manhã nos recuperamos um corpo que estava na água e com isso sobe para 16 o número de mortos. Outros 43 trabalhadores ficaram feridos", disse à Agência Efe, Rehmat Ullah, porta-voz da polícia da cidade de Gadani, no sul do país, onde ocorreu o acidente.

O porta-voz disse que possui uma lista com cinco nomes de pessoas que trabalhavam na embarcação quando começaram as explosões e que ainda não foram encontradas, mas afirmou que o número de desaparecidos pode aumentar.

O acidente ocorreu na manhã de terça-feira em um desmantelamento da cidade de Gadani quando um bujão de gás explodiu no interior de um tanque de um navio-petroleiro que estava sendo desmantelado e começou a pegar fogo, provocando mais explosões e um grande incêndio.

O primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, expressou sua dor pelas mortes e pediu para que equipes acelerem nas operações de socorro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos