EUA matam antigo assessor de Bin Laden durante bombardeio na Síria

Washington, 2 nov (EFE).- O Pentágono informou na quarta-feira a morte, durante um bombardeio da Força Aérea dos Estados Unidos, na Síria, do membro da Al Qaeda Haydar Kirkan, um ex-assessor do antigo líder desta organização, Osama bin Laden, e responsável por atentados na Turquia e outros países da Europa.

O ataque aéreo aconteceu no dia 17 de outubro, perto de Idlib, uma cidade localizada no noroeste do país em cuja região tem um forte presença da Frente al Nusra, que até julho era a filial da Al Qaeda na Síria.

De acordo com o Departamento de Defesa dos EUA, Kirkan tinha vínculos com os líderes da Al Qaeda e era o responsável na Síria pelos ataques terroristas cometidos no exterior, especialmente na Turquia e outros países da Europa.

Os americanos ainda consideram a Al Qaeda um "perigo" para sua segurança nacional e nas últimas semanas realizou ataques aéreos onde caíram alguns de seus líderes no Iêmen e Afeganistão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos