Presidente sul-coreana substitui chefe de gabinete em meio a escândalo

Seul, 3 nov (EFE).- A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, nomeou nesta quinta-feira seu novo chefe de gabinete e um alto secretário, no meio de um escândalo de corrupção que envolve uma confidente próxima à própria chefe de Estado.

O novo chefe de gabinete é Han Gwang-ok, um veterano deputado de 74 anos e até agora líder do comitê presidencial para a coesão nacional, disse à Agência Efe um porta-voz da Casa Azul.

Han já se desempenhou a função de chefe de gabinete do ex-presidente Kim Dae-jung, com um governo progressista, em contraste com Park Geun-hye.

A presidente também nomeou hoje como secretário de assuntos políticos a Hur Won-je, um ex-jornalista que virou político e foi deputado entre 2008 e 2012.

As novas mudanças acontecem um dia após Park nomear o novo primeiro-ministro, Kim Byong-joon, e os dois novos ministros de Finanças e Segurança Pública, Yim Jong-yong e Park Seung-joo, respectivamente, embora no caso destes três será necessária a confirmação da Assembleia Nacional (parlamento).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos