Ataque com carro-bomba deixa dezenas de feridos no sudeste da Turquia

Ancara, 4 nov (EFE).- Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira, em Diarbaquir, a capital das zonas curdas da Turquia, no que as autoridades descreveram como um ataque com carro-bomba da guerrilha do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A explosão aconteceu cerca de 200 metros de uma prisão e de uma delegacia de polícia e afetou vários carros e casas em uma área de um quilômetro quadrado, segundo o gabinete do governador de Diarbaquir.

"Foi avaliado que a explosão aconteceu por conta de um ataque com carro-bomba. Estamos considerando que o responsável é uma organização terrorista separatista (como as autoridades se referem ao PKK). (A explosão) aconteceu em uma área cheia de civis e estudantes", informou o gabinete.

A explosão ocorreu por volta das 8h (hora local).

Esta explosão aconteceu depois que a polícia prendeu na madrugada passada Selahattin Demirtas e Figen Yuksekdag, co-presidentes do esquerdista Partido Democrático dos Povos (HDP), terceiro do parlamento e conhecido por sua defesa dos direitos da minoria curda.

Figen foi presa em sua casa, em Ancara, e Selahattin, momentos mais tarde, em Diarbaquir, "capital" das regiões curdas, informou a emissora "NTV".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos