Bombardeio russo perto de Aleppo deixa 18 mortos e 40 feridos

Beirute, 4 nov (EFE).- Pelo menos 18 pessoas morreram nesta sexta-feira e outras 40 pessoas ficaram feridas por bombardeios de aviões russos contra os povos de Kafr Naha e Al Atarib, ao oeste da cidade síria de Aleppo (norte), disse à Agência Efe o porta-voz da Defesa Civil na província, Ibrahim Abu Leiz.

A fonte, cuja organização presta trabalhos de resgate em zonas fora do controle do governo, precisou que pelo menos 15 pessoas, entre elas menores, perderam a vida por um ataque aéreo contra a cidade de Kafr Naha.

Por outro lado, três menores de idade morreram em um bombardeio similar em Al Atarib.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou a morte de dez pessoas e um número indeterminado de feridos por um ataque de aviões de combate não-identificados contra Kafr Naha.

A fonte não descartou que o número de vítimas mortais aumente porque há feridos em estado graves.

A ONG também confirmou o bombardeio em Al Atarib, onde, segundo seus dados, dois menores morreram e outras 15 pessoas sofreram ferimentos.

Estes bombardeios em populações próximas a Aleppo coincidem com uma "trégua humanitária" de dez horas, declarada pela Rússia e o governo de Damasco, nesta cidade, a maior do norte da Síria.

Abu Leiz afirmou que nos bairros sob domínio opositor de Aleppo não há registros de nenhum ataque durante a jornada de hoje.

O Observatório informou anteriormente que vários soldados russos e jornalistas pró-governo ficaram feridos pelo impacto de vários projéteis contra o acesso norte de Aleppo, na estrada de Castelo, e contra o distrito de Yamiat al Zahra, no arredor ocidental.

Moscou acusou grupos jihadistas de ferir dois soldados russos em um ataque contra o corredor humanitário habilitado no caminho de Castelo para a saída dos combatentes de Aleppo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos