Terremoto de magnitude 6,4 sacode três regiões do Chile

Santiago, 4 nov (EFE).- Um forte tremor de magnitude 6,4 na escala Richter sacudiu nesta sexta-feira várias regiões do centro e do sul do Chile, sem que até o momento tenha havido informações sobre vítimas ou danos materiais.

O abalo sísmico foi registrado às 13h20 (hora local; 14h20 de Brasília), com profundidade de 87,5 quilômetros e epicentro a 38 quilômetros a sudeste de Curicó, cidade que fica a 240 quilômetros da capital Santiago, informou o Centro Sismológico Nacional, da Universidade do Chile.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) também calculou o terremoto como de magnitude 6,4 e determinou seu hipocentro a 90,8 quilômetros sob a superfície.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile (SHOA) informou que as características do tremor não reuniram as condições necessárias para gerar um tsunami no litoral do país.

As regiões de Coquimbo, Valparaíso, Metropolitana, O'Higgins, Maule, Biobío e La Araucanía sentiram o abalo - que durou mais de um minuto - com diferentes intensidades, segundo o Escritório Nacional de Emergências (Onemi).

Na cidade de Curicó, perto do epicentro, o tremor foi sentido com uma intensidade de VII graus na escala de Mercalli, que vai de I a XII. Em várias cidades da região de O'Higgins o terremoto teve intensidade VI, e em Santiago, de V graus.

O Subsecretariado de Telecomunicações chileno pediu através das redes sociais para que os moradores das áreas afetadas usem mensagens de texto para se comunicar, evitando assim colapso nas linhas telefônicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos