Combates em Aleppo voltam após fim da trégua humanitária de dez horas

Cairo, 5 nov (EFE).- Os combates entre as facções rebeldes e islamitas e as forças do regime sírio foram retomados neste sábado nos arredores da cidade de Aleppo, na Síria, após uma trégua humanitária de dez horas declarada unilateralmente pela Rússia e o Exército de Damasco.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou hoje que os confrontos duraram durante a madrugada e foram acompanhados de bombardeios aéreos e lançamento de foguetes entre os dois lados, na periferia oeste e sudoeste de Aleppo.

Os confrontos acontecem após uma "pausa humanitária" de dez horas, onde os combates foram interrompidos por volta das 9h (hora local) de ontem.

A trégua só foi interrompida após disparos de foguetes contra zonas controladas pelas autoridades sírias, no oeste da cidade, onde duas pessoas morreram e várias ficaram feridas, entre elas soldados russos.

O cessar-fogo tinha como objetivo permitir a saída de civis e combatentes da metade oriental de Aleppo, sitiada pelas forças governamentais desde o dia 17 de julho, mas até agora não foi informada de qualquer saída desse bairro.

Enquanto isso, os bombardeios não pararam ontem nas cidades de sua periferia, nos quais pelo menos 18 pessoas morreram e 40 ficaram feridas por ataques de aviões russos nas populações de Kafr Naha e Atarib, segundo fontes locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos