Ex-prefeito acusado de narcotráfico é morto em prisão nas Filipinas

Manila, 5 nov (EFE).- Um antigo prefeito nas Filipinas, acusado pelo presidente do país, Rodrigo Duterte, de suposto envolvimento com o narcotráfico, morreu neste sábado durante um tiroteio na prisão onde estava detido, informou a polícia local, no segundo caso em duas semanas.

Rolando Espinosa, ex-prefeito de Albuera, na ilha de Leyte, se entregou para as autoridades no mês passado, após ser incluído em uma lista de mais de 100 juízes, políticos, militares e policiais acusados de tráfico de drogas por Duterte.

O presidente publicou a lista em agosto, um mês após tomar posse no cargo e iniciar uma violenta campanha para erradicar o tráfico de drogas, que desde então, já tem mais de 4 mil mortos pela polícia e grupos de "justiceiros".

Segundo a polícia, o incidente de hoje, que ocorreu na madrugada na prisão de Baybay, em Leyte, e foi provocado por Espinosa, que disparou contra alguns agentes, que tinham uma ordem para buscar armas de fogo em sua cela.

Os policiais responderam com tiros que causaram a morte do ex-prefeito e de seu companheiro de cela, também acusado de narcotráfico, afirmou o chefe de polícia de Albuera, Juvy Espinido, à "Rádio Inquirer 990".

Espinosa tinha sido acusado de posse ilegal de armas e drogas depois que a polícia encontrou 11,5 quilos de metanfetamina ou shabu e várias armas durante revista em sua casa.

O ex-prefeito e seu filho Kerwin tinham sido identificados como uns dos principais chefões da droga do leste de Visayas, a região central das Filipinas, quando foram incluídos na lista de Duterte.

O filho foi preso no mês passado, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, e aguarda ser deportado para as Filipinas.

Espinosa é o segundo prefeito envolvido com o tráfico de drogas que morre em duas semanas em um tiroteio com as forças de segurança.

Samsudin Dimaukom, ex-prefeito de Datu Saudita, na província de Maguindanao, morreu no dia 28 de outubro em um tiroteio iniciado por sua comitiva, quando seu comboio foi parado em um controle de estrada para ser inspecionado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos