Italianos e canadense sequestrados no sul da Líbia são libertados

Roma, 5 nov (EFE).- O Ministério das Relações Exteriores da Itália informou neste sábado em comunicado que os dois italianos sequestrados em setembro no sul da Líbia, Danilo Calonego e Bruno Cacace, e também o canadense Frank Poccia, foram libertados.

A libertação, segundo o ministério italiano, foi possível "graças à colaboração eficaz das autoridades locais líbias" e aconteceu entre a noite de sexta para sábado.

Calonego, Cacace e Poccia trabalhavam para a construtora Conicos na cidade de Ghat, no sul da Líbia.

Os três foram capturados no dia 19 de setembro por um grupo armado cuja identidade não foi divulgada e que bloqueou o veículo no qual eles viajavam nas imediações da obra em que trabalhavam.

Calonego e Cacace, de 66 e 56 anos respectivamente, já se encontram na Itália e, segundo os veículos de imprensa do país europeu, nas próximas horas comparecerão diante do procurador Sergio Colaiocco, que abriu uma investigação após o sequestro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos