China substitui ministros de Finanças, Segurança e Assuntos Civis

Pequim, 7 nov (EFE).- A Assembleia Nacional Popular (ANP) da China aprovou nesta segunda-feira uma remodelação do governo, que incluiu a substituição de três ministros: os de Finanças, Segurança e Assuntos Civis.

Xiao Jie substituiu Lou Jiwei à frente do Ministério das Finanças, na mudança que será mais acompanhada no exterior, onde a evolução da economia chinesa é um fator de estabilidade para a economia global.

Chen Wenqing será o novo responsável de Segurança, em substituição de Geng Huichang, enquanto Huang Shuxia assume a pasta de Assuntos Civis, em substituição de Li Liguo.

As mudanças chegam menos de duas semanas depois de terminar a reunião anual do plenário do Comitê Central do Partido Comunista da China, a reunião política mais importante do ano neste país.

Precisamente, a ausência de Li nas imagens de televisão dessa reunião geraram especulações sobre se o então ministro de Assuntos Civis teria caído em desgraça.

O jornal independente de Hong Kong, o "South China Morning Post", publicou na noite passada que Li e seu principal adjunto estavam sendo investigados por "violações da disciplina", o eufemismo tradicionalmente usado em Pequim para assuntos relacionados com a corrupção.

"Li Liguo e Dou Yupei foram postos sob custódia de pessoal disciplinar e de supervisão do partido", afirmou ao jornal uma fonte próxima a esse Ministério.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos