Montenegro forma novo parlamento, apesar de boicote da oposição

Belgrado, 7 nov (EFE).- O parlamento de Montenegro, surgido das eleições de 16 de outubro, nas quais o governamental Partido Democrático dos Socialistas (DPS) ganhou, se formou nesta segunda-feira em uma sessão boicotada pela oposição.

O DPS do primeiro-ministro em fim de mandato e importante figura do país, Milo Djukanovic, tem 36 das 81 cadeiras do plenário, número insuficiente para governar sozinho. Em segundo lugar está o opositor pró-Rússia Frente Democrática (DF) com 18 cadeiras, seguido da aliança moderada Kljuc (9), da centrista Demokrate (8) e o Partido Social-Democrata (SDP), com 4 deputados.

Essas forças opositoras se negaram a reconhecer o resultado das eleições até que seja esclarecido o caso de uma suposta tentativa de golpe no dia da eleição denunciada pelas autoridades, e pediram sua anulação.

Também conseguiram entrar no parlamento outras formações menores, entre elas o SD, uma cisão do SDP, com 2 cadeiras, e os partidos das minorias bósnia (2), croata (1) e albanesa (1), que poderão ser decisivos na hora de formar o governo.

Espera-se que nos próximos dias o atual vice-primeiro-ministro e próximo colaborador de Djukanovic no DPS, Dusko Markovic, receba a incumbência de formar um novo Executivo, que terá um mandato de quatro anos. Djukanovic, considerado o pai da independência de Montenegro em 2006, traçou a rota do país na direção da União Europeia (UE) e da Otan, mas também é acusado pela oposição de corrupção e autoritarismo.

O dia da eleição e as semanas seguintes foram marcados pela suposta tentativa de golpe de Estado que, segundo a Promotoria do país, foi organizada por um grupo de pessoas apoiadas por nacionalistas russos. A oposição questionou esse suposto complô e acusou às autoridades de pretender influir com o ambiente criado no resultado eleitoral em favor do DPS.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos