Hillary prepara comemoração aberta ao publico, mas sem fogos de artifício

Nova York, 8 nov (EFE).- Caso saia vencedora nas eleições presidenciais, a candidata democrata, Hillary Clinton, fará na noite desta terça-feira uma comemoração "aberta ao povo", dentro e fora do centro de convenções Javits Center, mas sem fogos de artifício por "motivos de orçamento", disseram fontes da equipe de campanha.

"São esperadas milhares de pessoas tanto no Javits como na rua, onde haverá telões e serão ocupados três quarteirões ao redor do local", explicou Paola Ramos, responsável de comunicação da campanha da democrata para veículos de imprensa latinos.

Hillary tinha previsto shows, DJs e até fogos de artifício sobre o Rio Hudson, mas há 48 horas decidiu suspender esses planos por motivos orçamentários.

"Preferimos dedicar os recursos a incentivar as pessoas a votar", afirmou.

A equipe de Hillary calcula que por volta das 18h locais (21h em Brasília), pouco depois do final da jornada de trabalho nos EUA, comecem a chegar os militantes e curiosos.

A Polícia de Nova York e os agentes federais, assim como os serviços secretos, entre outros, aumentaram a segurança na região. Inaugurado em 1986, o Javits Center é uma homenagem ao senador americano Jacob K. Javits.

Cerca de cinco mil agentes patrulham Manhattan e especialmente as ruas próximas tanto do Javits Center como do Hotel Hilton, onde está prevista a "festa de comemoração" do candidato republicano, Donald Trump.

O Javits Center, onde se encontram mais de mil veículos de imprensa, é o principal centro de convenções de Manhattan, e nele são realizados grandes eventos, como a Comic-Con.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos