Morrem 11 jihadistas em combates com tropas curdas em Bashiqa, no Iraque

Erbil (Iraque), 8 nov (EFE).- Pelo menos 11 integrantes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreram nesta terça-feira em combates com as tropas curdas "peshmerga" e em bombardeios na estratégica comarca de Bashiqa, que fica a nordeste da cidade de Mossul, na região norte do Iraque.

O general Aziz Weizi afirmou à Agência Efe que cinco terroristas morreram em enfrentamentos, enquanto os outros seis em ataques aéreos na periferia leste de Bashiqa.

Weizi acrescentou que as operações de busca e perseguição de jihadistas continuam nessa comarca e que o rastreamento dos aparelhos de comunicação usados pelos terroristas mostrou que muitos deles ainda poderiam estar escondidos em túneis e refúgios subterrâneos.

Nesse sentido, Weizi advertiu que ainda há muitas casas e ruas com artefatos explosivos, por isso os "peshmerga" se dedicam a detectá-los e desativá-los.

As forças curdas começaram a ofensiva sobre Bashiqa na madrugada de ontem e conseguiram entrar na localidade durante a noite após intensos bombardeios e enfrentamentos com os jihadistas.

O EI tomou o controle de Bashiqa no dia 5 de agosto de 2014.

As tropas iraquianas e curdas lançaram no último dia 17 uma ofensiva para libertar Mossul, o principal reduto do EI no Iraque.

Desde então, as tropas iraquianas foram estreitando o cerco sobre os jihadistas por três frentes: norte, sul e leste. Por esta última, os combatentes já conseguiram entrar nos primeiros bairros de Mossul.

Por outro lado, o chefe do Comitê de Segurança do Conselho da província de Ninawa, cuja capital é Mossul, Mohammed al Bayati, disse à Efe que um líder jihadista, identificado como Ali Abdelwagab, morreu durante a madrugada junto com outros seis terroristas em enfrentamentos com forças antiterroristas iraquianas no setor leste de Mossul.

Abdelwahab era o comandante de uma das brigadas dos "ingamaziyin", integradas por combatentes suicidas do EI de diversas nacionalidades.

Os combates ocorreram no bairro de Karama, no leste de Mossul e ainda continuam, enquanto as forças iraquianas avançam progressivamente e realizam a retirada das famílias sitiadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos