Paraguai abordará tráfico de drogas, armas e pessoas em reunião em Brasília

Assunção, 8 nov (EFE).- O Paraguai porá sobre a mesa as problemáticas do tráfico de armas e de pessoas, do contrabando, do tráfico de drogas e do crime transnacional organizado durante a reunião sobre segurança regional no Cone Sul, que será realizada em Brasília no dia 16 de novembro, informou nesta terça-feira a chancelaria paraguaia.

No encontro, que reunirá representantes de Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai, será proposto um princípio de "responsabilidade compartilhada", de modo que os Estados se comprometam a colaborar no combate contra esses crimes, disse o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga.

O chanceler acrescentou que a Reunião sobre Segurança no Cone Sul servirá também para consolidar no Mercosul "uma política de segurança inclusiva e de cooperação através da troca de informações".

Loizaga realizou nesta terça-feira na sede da chancelaria, em Assunção, uma reunião com o ministro do Interior, Tadeo Rojas; o de Defesa, Diógenes Martínez, e o titular da Secretária Nacional Antidrogas, Hugo Vera, para concretizar os temas que serão abordados em Brasília.

O Paraguai participará da reunião de Brasília depois da visita no mês passado do presidente Michel Temer, que traçou com seu homólogo paraguaio, Horacio Cartes, um roteiro para a colaboração em segurança fronteiriça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos