Príncipe Harry denuncia campanha de assédio a sua namorada Meghan Markle

Londres, 8 nov (EFE).- O príncipe Harry, o quinto na linha de sucessão ao trono do Reino Unido, confirmou nesta terça-feira sua relação com a atriz americana Meghan Markle e denunciou a "abusiva" campanha de assédio a que ela foi submetida pela imprensa britânica.

O Palácio de Kensington, a residência oficial dos príncipes, oficializou através de um comunicado, assinado por seu secretário, a relação, "de vários meses", entre Harry, de 32 anos, e a protagonista da série de televisão "Suits", de 35.

No entanto, o príncipe assegurou que, na semana passada, "os veículos de comunicação passaram do limite" e que "está preocupado com a segurança" de Meghan.

"O príncipe Harry sabe da curiosidade que sua vida privada desperta. Ele nunca se sentiu muito confortável com isso, mas tentou não fazer muito caso para o interesse desmedido dos veículos de comunicação", diz o comunicado.

"Porém, na última semana, (os meios) passaram do limite. Sua namorada, Meghan Markle, foi submetida a uma onda de abuso e fustigação (...). A capa em uma publicação nacional, os comentários racistas e o sexismo e o racismo desmedido em alguns artigos", prosseguiu o secretário do Palácio de Kensington na nota.

"O príncipe Harry está preocupado com a segurança" de Mehgan "e está profundamente decepcionado por não ter sido capaz de protegê-la. Ele tem consciência de que muita gente vai dizer que é 'o preço a ser pago', mas isto não é um jogo: é a vida dos dois", afirmou a assessoria do palácio.

O casal se conheceu em maio no Canadá, quando Harry estava promovendo os Jogos Invictus 2017, que ele patrocina, em Toronto, onde vive Meghan, local de filmagem da série "Suits".

A atriz, amante das viagens, da gastronomia e da ioga, esteve várias vezes no Reino Unido e, inclusive, se hospedou no Palácio de Kensington e conheceu os duques de Cambridge, William e Kate.

O príncipe William "pediu expressamente a emissão deste comunicado com a esperança de que os veículos de imprensa que cobriram esta história possam parar e pensar antes de seguir causando danos".

"(Harry) Sabe que emitir um comunicado como este é algo incomum, mas acredita que as pessoas vão entender sua necessidade de falar publicamente", concluiu a assessoria do palácio na carta.

Meghan é dois anos mais velha que Harry e filha de mãe afro-americana e pai de ascendência holandesa.

A atriz, que se casou com o produtor cinematográfico Trevor Engelson em 2011, de quem se separou dois anos mais tarde, realizou seus estudos na Universidade Northwestern, onde obteve um diploma em Artes Cênicas e Relações Internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos