Banco Central monitora mercado financeiro após vitória de Trump nos EUA

Brasília, 9 nov (EFE).- O presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, disse nesta quarta-feira que a instituição está "monitorando" o mercado financeiro diante do impacto que pode ser causado pela vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

"Estamos atentos aos mercados globais e ao interno e, se for necessário, tomaremos as medidas adequadas", declarou Goldfajn em referência às turbulências registradas nas principais bolsas do mundo depois que a vitória do candidato do Partido Republicano foi confirmada.

O índice Ibovespa, o principal da Bolsa de Valores de São Paulo e uma das principais referências dos mercados latino-americanos, abriu hoje com clara tendência de baixa, com perdas do 2,68% após uma hora e meia de negociações.

Já no mercado de câmbio, o real é cotado em baixa de 1,96% em relação ao dólar, que está sendo negociado a R$ 3,229.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos