Hillary não falará publicamente hoje, diz chefe de campanha

Nova York, 9 nov (EFE).- John Podesta, o chefe da campanha da candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, pediu aos eleitores da ex-secretária de Estado para que voltem para casa após confirmar que ela não vai se pronunciar publicamente hoje.

"Todo o mundo para casa", afirmou Podesta, que pediu a todos para "esperar um pouco" até que terminem de ser divulgados os resultados do pleito, em breve discurso no centro de convenções Javits Center, em Manhattan, onde Hillary iria participar de um ato.

Os resultados que ainda estão sendo divulgados após as eleições estão dando a vitória parcial ao candidato republicano, Donald Trump, embora ainda falta por definir estados onde o triunfo não é claro.

Nem Hillary, nem Trump apareceram para seus eleitores depois que votaram, a democrata em condado no norte de Nova York e o republicano na própria cidade.

Milhares de pessoas estavam aguardando Hillary Clinton desde o meio da tarde, mas a desolação foi se estendendo entre os eleitores, e após a meia-noite, muitos já se retiraram ao conhecer os resultados parciais.

"Vamos esperar um pouco", disse Podesta, no palco onde se esperava que Hillary fizesse seu pronunciamento.

Podesta pediu para as pessoas que estavam no Javits Center que fossem para casa, "dormir", e amanhã haverá mais novidades.

Ele acrescentou que Hillary Clinton está "orgulhosa" do apoio recebido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos