Líder da ultradireita na França vê eleição de Trump como vitória da liberdade

Paris, 9 nov (EFE).- A presidente do partido ultradireitista francês Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, afirmou nesta quarta-feira que o triunfo de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos deve ser interpretada como uma "vitória da liberdade"

"O que ocorreu não é o fim do mundo, mas sim o fim de um mundo", disse Le Pen em uma breve declaração na sede do partido em Nanterre, nos arredores de Paris.

A líder da extrema-direita avaliou que a vitória de Trump é uma "boa notícia" para a França e defendeu a eleição do republicano é apenas mais uma das "opções democráticas", como o "Brexit", que "enterram a antiga ordem e constroem a do amanhã".

"Os americanos conseguiram o presidente que elegeram e não o que o sistema instalado queria fazê-los aprovar, como se as eleições fossem uma formalidade para satisfazer as aparências", disse Le Pen.

"Em uma democracia, o povo é o único que decide e que dá a legitimidade. Não há governo autenticamente legítimo que não governe em nome do povo", disse a líder da FN, citando o fato de Hillary Clinton, adversária derrotada por Trump, ter sido apoiada pelas "elites políticas e midiáticas" dos EUA nas eleições.

"Os americanos confirmaram esse grande movimento mundial que aspira o retorno de um povo livre. Os franceses igualmente buscam essa liberdade e independência, e verão nesse triunfo uma razão extra para romper com um sistema que os limita", destacou Le Pen.

A líder ultradireitista, que foi uma das primeiras na Europa a parabenizar Trump pelos resultados das eleições, comemorou que os americanos superaram uma campanha em que muitos grupos quiseram "condicionar sua opinião".

Le Pen ressaltou o fato de Trump, em seu primeiro discurso público, ter reafirmado a intenção de defender os interesses de seu próprio país e disse compartilhar da mesma "concepção política".

"A rejeição do Nafta e de uma globalização selvagem, a pacificação das relações internacionais, principalmente com a Rússia... Esses compromissos, se forem cumpridos, são benéficos para a França", disse Le Pen sobre as propostas de Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos