Obama liga para Trump para felicitá-lo e iniciar transição de governo

Washington, 9 nov (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, ligou na manhã desta quarta-feira para o candidato republicano e presidente eleito, Donald Trump, para felicitá-lo por sua vitória e o convidou a visitar a Casa Branca na quinta-feira para falar do processo de transição.

Em comunicado, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, informou que Obama também falou com a candidata democrata, Hillary Clinton, para "expressar sua admiração pela sólida campanha que realizou em todo o país"

A Casa Branca anunciou que hoje o presidente fará uma declaração para falar dos resultados eleitorais, com uma clara vitória de Trump e dos republicanos, que seguirão controlando ambas câmaras no Congresso.

Nessa declaração, indicou Earnest, o presidente delineará "quais passos podemos tomar como país para nos unir após uma eleição muito acirrada".

Obama chamou Trump para uma reunião na quinta-feira para falar do processo de transição.

"Assegurar uma transição de poder sem atritos é uma prioridade do presidente", garantiu a Casa Branca.

Obama reiterou nos últimos meses que está comprometido a entregar o poder sem complicações, apesar da retórica agressiva de Trump e de ter reiterado durante a campanha que o agora presidente eleito não está "capacitado" para ser presidente.

Membros da Administração Obama se reuniram com representantes das equipes de transição de Hillary e Trump nos últimos meses para assegurar que a transição ocorra de maneira gradual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos