Seul acredita que Trump manterá linha dura em relação à Coreia do Norte

Seul, 9 nov (EFE).- O governo da Coreia do Sul disse nesta quarta-feira acreditar que a política de linha dura dos Estados Unidos em relação à Coreia do Norte não mudará com Donald Trump, após a vitória do candidato republicano nas eleições americanas.

O ministro das Relações Exteriores sul-coreano, Yun Byung-se, afirmou que Trump "reconheceu que o maior problema que o mundo enfrenta é a ameaça nuclear, e os membros de sua equipe de segurança nacional mantêm uma postura favorável a aplicar uma forte pressão sobre a Coreia do Norte".

"Compartilhamos a mesma opinião a respeito da aliança entre Coreia do Sul e Estados Unidos e o problema nuclear da Coreia do Norte", expressou o chanceler em reunião com deputados da Assembleia Nacional (parlamento) quando a apuração já apontava uma vitória do republicano.

Na mesma linha, o embaixador americano em Seul, Mark Lippert, declarou à aência de notícias "Yonhap" que, "ao longo de 60 anos", EUA e Coreia do Sul "mantiveram esta aliança especial, com altos e baixos, mas sempre se fortalecendo".

Os EUA mantêm 28.500 soldados na Coreia do Sul e se comprometem a defender seu aliado em um hipotético conflito com Coreia do Norte, que protagonizou fortes avanços em seus programas armamentístico e nuclear.

Donald Trump prometeu em sua campanha renegociar o acordo de defesa, já que considera que os Estados Unidos perdem bilhões de dólares por ano para defender seu aliado sul-coreano, e eventualmente retirar as tropas e deixar a Coreia do Sul à própria sorte se não se chegar a uma solução rentável para o país americano.

Quanto ao tratado de livre-comércio que os países têm desde 2012 e que aumentou seus intercâmbios, Trump expressou a intenção de renegociá-lo por crer que é deficitário e destrói postos de trabalho nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos