Seul convoca reunião de conselho de segurança por possível vitória de Trump

Seul, 9 nov (EFE).- A presidência da Coreia do Sul convocou para esta quarta-feira uma sessão de emergência do Conselho de Segurança Nacional para avaliar o impacto sobre a situação com a Coreia do Norte da possível vitória de Donald Trump nas eleições dos Estados Unidos.

"Vamos examinar o possível impacto em matéria de segurança de uma forma ampla", indicou à Agência Efe um porta-voz do escritório presidencial em Seul, em um momento em que já se dá como certa a vitória do candidato republicano.

Em seus discursos sobre política externa, Trump expressou sua intenção de renegociar o acordo de segurança pelo qual os EUA garantem a defesa da Coreia do Sul e que considera economicamente pouco rentável para o país.

Na sessão de emergência do Conselho de Segurança Nacional também será avaliado o possível impacto econômico da vitória de Trump na Coreia do Sul, segundo o porta-voz.

Neste ponto, o republicano também manifestou em várias ocasiões sua ideia de renegociar o tratado de livre-comércio que os EUA mantêm com Coreia do Sul desde 2012 e que consideram favorável aos interesses do país asiático e prejudicial à criação de postos de trabalho americanos.

A Coreia do Sul é um dos países nos quais Donald Trump desperta mais temores, devido à dependência do país dos Estados Unidos em matéria de defesa frente a uma Coreia do Norte que avança cada vez mais em seu programa de armas nucleares.

O índice Kospi da Bolsa de Seul caía aproximadamente dois pontos e meio minutos antes do fechamento, uma queda em sintonia com as de outras praças asiáticas pelos temores à instabilidade gerada pela vitória do imprevisível candidato republicano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos