Trump garante vitória em Ohio, "termômetro" das eleições dos EUA

Washington, 8 nov (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, conquistou nesta terça-feira os 18 votos do colégio eleitoral do estado de Ohio, segundo as projeções das principais emissoras de televisão americanas.

A expectativa era que Trump vencesse em Ohio apoiado pelos brancos da classe operária das zonas rurais e pela região dos Apalaches, entre os quais já havia arrasado nas primárias, apesar do atual presidente, Barack Obama, ter vencido no estado nas duas últimas eleições graças ao voto urbano e afro-americano.

Este estado industrial do Meio Oeste é considerado um termômetro eleitoral há mais de um século: quem ganhou em Ohio foi presidente em 28 dos últimos 30 pleitos e nenhum conservador chegou à Casa Branca sem conquistar seus votos no colégio eleitoral.

As pesquisas apontavam uma vitória de Trump, com uma vantagem de 3,5 pontos, segundo a média de pesquisas elaborada pelo site Real Clear Politics.

Os republicanos têm seu nicho de votos no sul do estado, nas áreas rurais e nos condados da região dos Apalaches, onde Trump arrasou nas primárias graças ao entusiasmo que sua campanha despertou entre o eleitor branco da classe trabalhadora.

O mito de Ohio se sustenta nas estatísticas: tem o melhor histórico dos 50 estados no voto no candidato vencedor, seus resultados sempre são muito parecidos à média nacional e deu votos no colégio eleitoral (que são atribuídos em função da população) decisivos ao ganhador mais vezes que qualquer outro estado competitivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos