Vaticano felicita Trump e o encoraja a mudar um mundo "em grave conflito"

Cidade do Vaticano, 9 nov (EFE).- O secretário de Estado Vaticano, Pietro Parolin, felicitou nesta quarta-feira o republicano Donald Trump por sua vitória nas eleições presidenciais dos EUA, e o encorajou a reverter a "situação de grave aflição e conflito" do mundo.

"Felicitamos o novo presidente para que seu governo possa ser verdadeiramente frutífero. Asseguramos também nossa oração para que o Senhor o ilumine e o apoie no serviço da sua pátria", disse em palavras recolhidas pela "Rádio Vaticano".

Parolin o encorajou a trabalhar também pelo "bem-estar e a paz no mundo".

"Acredito que atualmente necessitamos trabalhar para mudar a situação mundial, que é uma situação de grave laceração e de grave conflito", asseverou.

Parolin se referiu hoje à controversa promessa eleitoral de levantar um muro na fronteira com o México.

Em fevereiro, o papa Francisco e Trump protagonizaram um cruzamento de declarações depois que o pontífice disse que "não é cristão" construir muros.

Trump qualificou em fevereiro de "vergonhoso" que um papa questionasse a fé de uma pessoa e lembrou que o Vaticano está cercado por "muralhas escandalosamente altas".

O então porta-voz vaticano, Federico Lombardi, defendeu posteriormente que o papa não tinha feito "um ataque pessoal e nem uma indicação do voto" com suas palavras, mas reafirmar sua mensagem de estender pontes entre culturas.

Trump, que ainda disputava a indicação no Partido Republicano, deu fim à polêmica e qualificou o pontífice como "maravilhoso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos