Sarkozy compara preocupação com eleição de Trump à de Hollande

Paris, 10 nov (EFE).- O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy desdramatizou nesta quinta-feira a vitória eleitoral de Donald Trump e comparou a preocupação que pode haver nos Estados Unidos com a que tiveram os franceses quando François Hollande chegou ao Eliseu.

Em entrevista ao canal "France 2", Sarkozy, insistiu que é preciso esperar e ver "o que faz" Trump assim que assumir suas funções em janeiro próximo.

Sarkozy é candidato às primárias da direita para concorrer de novo à Presidência da França no pleito de 2017.

Perguntado sobre se não lhe preocupa sua chegada ao poder depois da campanha que fez, respondeu que "quando os americanos despertaram depois que elegemos François Hollande (em maio de 2012), que prometia um imposto de 75% (para quem ganhava mais de um milhão de euros ao ano), não tenho certeza de que também não estivessem muito tranquilos".

Ele acrescentou que há 58 milhões de americanos que preferiram o candidato republicano e que essa decisão tem ser aceta, porque "em democracia a última palavra é do povo".

Sarkozy, que foi chefe de Estado de 2007 a 2012 antes de ser derrotado esse último ano pelo socialista Hollande, lembrou que seu país "teve conflitos e problemas" durante o mandato de Barack Obama, "amado pelas elites francesas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos