Japão fecha acordo de exportação de tecnologia nuclear civil com Índia

Tóquio, 11 nov (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, selou nesta sexta-feira com seu colega indiano, Narendra Modi, um acordo de colaboração no setor nuclear civil, destinado a promover a exportação de tecnologia e equipamento da terceira maior economia mundial para a Índia.

Assim acertaram hoje ambos os líderes em uma reunião bilateral realizada em Tóquio, o ato principal da segunda visita oficial ao Japão de Modi.

O pacto representa "um passo histórico para forjar uma aliança de energia limpa" entre ambos os países, segundo o líder indiano, enquanto Abe destacou que o acordo garante que a Índia "fará um uso pacífico da energia nuclear", em declarações aos veículos de imprensa após o encontro.

Ambos os líderes fecharam assim o acordo de colaboração que tinham esboçado em dezembro em Nova Délhi, e que representa o primeiro entre Japão e uma potência atômica que não assinou o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (NPT).

A exportação de tecnologia nuclear de caráter civil faz parte da estratégia promovida por Abe para aumentar a presença exterior de empresas de infraestruturas, enquanto para a Índia, o pacto permitirá aumentar sua capacidade de geração elétrica e satisfazer a demanda crescente.

O Japão incluiu no acordo bilateral provisões para garantir que a Índia limitará ao âmbito civil o uso da tecnologia nuclear, e que a cooperação neste setor será cancelada no caso de Nova Délhi realizar um novo teste atômico, assinalaram fontes do Executivo à agência japonesa "Kyodo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos