ONU denuncia que EI armazena amoníaco e enxofre em áreas civis do Iraque

Genebra, 11 nov (EFE).- A ONU denunciou nesta sexta-feira o armazenamento de "grandes quantidades" de amoníaco e enxofre por parte do Estado Islâmico (EI) em locais onde residem civis, em um momento no qual emergem mais detalhes sobre o uso de armas químicas por parte do grupo jihadista no Iraque.

O escritório do alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Raad al Hussein, afirmou que estas informações procedem da cidade iraquiana de Mossul e são conhecidas depois que no dia 23 de outubro quatro pessoas morreram após inalar fumaça de enxofre queimado proveniente de uma fábrica e um armazém do produto pertencentes a um jazida no subdistrito Shura de Mossul.

As instalações foram incendiadas e atacadas pelos jihadistas do EI, que supostamente também depositaram enxofre em locais de Shura para queimá-lo.

No dia 26 de outubro uma criança de dois meses morreu de asfixia como resultado das emissões de enxofre queimado quando ele e sua família fugiram de Shura para a comarca de Al Qayara.

A ONU também afirmou nesta sexta-feira que houve "muitas mais" execuções maciças por parte do EI em Hamam al Alil, a 25 quilômetros ao sul de Mossul, e em outras localidades, por causa da descoberta na segunda-feira de uma vala comum com pelo menos cem corpos em instalações do colégio de agricultura.

As informações disponíveis sugerem que entre as vítimas havia ex-membros das Forças de Segurança iraquianas e detidos do EI, assim como pessoas executadas por se revoltar contra os terroristas desde que começou no último dia 17 a operação para libertar Mossul.

"Os corpos estão em diferentes estados de composição, o que indica que o EI esteve usando o local como lugar de execução durante algum tempo", afirmou o escritório de Zeid.

Os corpos foram jogados em várias localizações, incluindo nas instalações de uma cimenteira, o rio Tigre, o aeroporto de Mossul e em Tal al Zahab, uma área de Mossul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos