Robert de Niro diz se sentir "como depois do 11/9" após triunfo de Trump

Nova York, 12 nov (EFE).- O ator Robert de Niro afirmou que depois da vitória do magnata Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos se sentiu como depois dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001.

"Eu me sinto como depois do 11 de setembro", declarou o ator nova-iorquino em um vídeo da revista "The Hollywood Reporter" que será divulgado na próxima semana, mas cujos trechos foram antecipados neste sábado.

De Niro, de 73 anos, foi uma das muitas estrelas de Hollywood que durante a última campanha eleitoral criticou duramente o candidato republicano, a quem chegou a chamar de "estúpido", "porco" e "vigarista", entre outros qualificativos.

"É descaradamente estúpido. É um arruaceiro. É um cachorro. É um porco. É um vigarista, um artista da mentira, um idiota que não sabe do que fala, que não cumpre seus deveres, que não se preocupa", disparou o ator em outubro em um vídeo da campanha "Vote Your Future".

Nesse mesmo vídeo, o ator assegurava estar "zangado" vendo Trump chegando tão longe e admitia também sua "preocupação" pela direção "equivocada" à qual se dirigiria o país "com alguém como Donald Trump" na Casa Branca.

Nesta semana, pouco após confirmar-se a vitória de Trump, o vencedor de dois prêmios Oscar esteve na quarta-feira no programa de televisão "Jimmy Kimmel Live!" em sua primeira aparição pública após as eleições.

"Agora não poderei fazer isso. É o presidente", respondeu De Niro quando o jornalista lhe lembrou de uma entrevista publicada no mês passado na qual comentou que gostaria de "dar um murro na cara" do magnata nova-iorquino.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos