Egito anuncia que abrirá fronteira com Gaza por cinco dias

Cairo, 13 nov (EFE).- As autoridades egípcias anunciaram neste domingo que entre segunda e sexta-feira a passagem fronteiriça com Gaza permanecerá aberta em ambas direções, informou a agência oficial de notícias egípcias "Mena".

Segundo a agência, poderão atravessar o posto fronteiriço de Rafah, situado no extremo nordeste do Egito, as pessoas que estão presas e "os casos humanitários".

Por sua vez, em um breve comunicado, a embaixada palestina no Cairo agradeceu às autoridades egípcias que agem para reduzir o sofrimento do povo palestino da Faixa de Gaza.

A passagem fronteiriça entre Egito e Gaza permanece praticamente fechada desde a chegada ao poder de Abdul Fatah al Sisi em 2013, e só é aberta ocasionalmente por breves períodos de tempo que raramente superam três dias.

O Egito mantém bloqueada a passagem de Rafah desde que o grupo palestino Hamas tomou o controle da Faixa em 2007 e cancelou o mecanismo da União Europeia junto com a Autoridade Nacional Palestina (ANP) que o operava, e apesar dos presidentes egípcios terem deixado gente com permissões especiais passar, desde Al Sisi a passagem quase não é mais permitida.

No entanto, desde abril, a possibilidade de movimento dos moradores de Gaza progrediu devido ao aumento de aberturas de Rafah, depois que as autoridades do Hamas prometeram ao Cairo garantir a segurança na fronteira.

A última vez que suas portas foram abertas foi entre 20 e 22 de outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos