Explosão em Aleppo mata pelo menos 12 civis e deixa cerca de 50 feridos

Cairo, 13 nov (EFE).- Pelo menos 12 civis morreram neste domingo e cerca de 50 ficaram feridos por uma explosão de origem desconhecida na província setentrional síria de Aleppo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O fato ocorreu na zona de Gazauiya, localizada nos arredores da cidade de Afarin, no noroeste de Aleppo, e as vítimas são em sua maioria comerciantes, vendedores, motoristas e cidadãos, segundo fontes médicas citadas pela ONG.

Gazauiya é um centro de reunião de comerciantes e vendedores que chegam com caminhões para transportar mercadorias ao norte de Aleppo e outras área.

O Observatório não descartou a possibilidade de que aumente o número de vítimas mortais devido à gravidade de vários feridos.

Até agora são desconhecidas as causas da explosão em dita região, que está sob o controle de milícias curdas, e próxima a áreas de população árabe, controladas por facções rebeldes e islamitas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos