Obama e Trump falaram sobre Oriente Médio e Coreia do Norte em encontro

Washington, 13 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu sucessor, Donald Trump, falaram sobre Oriente Médio e Coreia do Norte em seu primeiro encontro na Casa Branca, um evento que deu início ao processo de transição que terminará no dia 20 de janeiro com a posse do republicano.

Em uma entrevista ao programa "60 minutes" do canal "CBS", Trump revelou que também falou com Obama da reforma da saúde conhecida como "Obamacare", peça angular do legado do presidente que o milionário prometeu eliminar durante a campanha, embora agora pareça aberto a manter algumas provisões.

Até agora não se conheciam os temas que tinham falado Obama e Trump no Salão Oval, pois os dois só falaram à imprensa durante alguns minutos no final do encontro.

"Olha que não quero divulgar, mas falamos do Oriente Médio, isso é difícil. É uma situação difícil. Queria saber seu ponto de vista totalmente e o entendi, entendi uma boa parte de seu ponto de vista", declarou Trump, que se mostrou muito sereno em sua primeira aparição na televisão como presidente eleito.

Como fez após o encontro, Trump elogiou Obama por ser "fantástico", "muito inteligente", "muito amável" e ter "um grande senso de humor", qualidades diferentes das que proferiu durante a campanha presidencial e também em 2011 quando impulsionou o rumor que o atual líder não tinha nascido nos EUA.

Sobre a reforma da saúde, Trump confessou que quer manter duas partes da reforma da saúde: a provisão que obriga a assegurar a pessoas com doenças prévias e a disposição que permite estender a cobertura de saúde de um adulto a seus filhos até os 26 anos.

O empresário afirmou que cumprirá com sua promessa de eliminar a reforma da saúde, fortemente criticada pelos republicanos do Congresso, e que "simultaneamente" proclamará outra lei que permitirá aos americanos ter acesso a "grandes cuidados de saúde por muito menos dinheiro".

A reunião na Casa Branca foi o primeiro encontro pessoal entre Trump e Obama, que já falaram por telefone na madrugada da quarta-feira quando o empresário se proclamou vencedor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos