Casal de adolescentes russos se suicida após abrir fogo contra policiais

Moscou, 14 nov (EFE).- Um casal de adolescentes russos, um menino e uma menina de 15 anos, se suicidou nesta segunda-feira após se esconder em uma casa e abrir fogo contra a polícia, informaram as autoridades do país.

A tragédia ocorreu em uma pequena cidade da região de Pskov, fronteiriça com Estônia e Letônia, quando uma patrulha policial revistava uma casa na qual, segundo suas informações, estava um jovem que tinha sido dado como desaparecido.

Os dois adolescentes, armados com uma pistola e uma espingarda, abriram fogo contra os agentes e se negaram a sair do imóvel.

Pouco antes do suicídio, os adolescentes gravaram e postaram na internet um vídeo no qual é possível ver o menino disparar entre risos duas vezes desde a janela contra uma caminhonete da polícia.

Após várias horas de negociações e depois que os jovens deixaram de dar sinais de vida, a polícia invadiu a casa e encontrou seus corpos, que apresentavam ferimentos de arma de fogo.

"Os investigadores estudam com detalhes o local. Os peritos estão trabalhando e falam até da possível presença de álcool e substâncias narcóticas no sangue dos jovens", informou em comunicado a autoridade judicial russa.

A polícia, acrescentou, "investigará a condição de vida dos adolescentes para esclarecer o que fez eles tomarem essa decisão". EFE

aep/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos