Morre menina de 2 anos ferida em ataque contra igreja na Indonésia

Bangcoc, 14 nov (EFE).- Uma menina de dois anos, que fazia parte do grupo de quatro menores feridos no atentado do domingo contra uma igreja cristã na região central da Indonésia, morreu hoje no hospital, informou a imprensa local.

Intan Olivia sucumbiu às queimaduras que sofreu em todo o corpo no ataque realizado por um radical islamita que jogou vários coquetéis molotov contra o centro de culto, segundo o portal "Tribunnews".

As outras três crianças, duas de 4 anos e uma de 2, continuam internadas no hospital, uma delas em estado grave na unidade de tratamento intensivo.

O ataque aconteceu na igreja Oikumene em Samarinda, capital da província de Kalimantan Oriental, na ilha de Bornéu, e um suspeito de 32 anos foi detido momentos depois por vários moradores.

O chefe da Polícia Nacional, Tito Karnavian, disse que o suspeito foi condenado em 2012 a 42 meses de prisão por sua participação em uma tentativa de atentado terrorista contra um centro tecnológico e uma catedral cristã.

O detido estava em liberdade condicional desde 2014, segundo "The Jakarta Post".

"O agressor foi detido. Por favor, deixem que os agentes cuidem do resto da rede", declarou Tito, acrescentadno que estão investigando o incidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos