Trump expressa a Putin seu desejo de ter relação "forte e duradoura"

Washington, 14 nov (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou por telefone nesta segunda-feira ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, seu desejo de ter uma relação "forte e duradoura".

Putin ligou para Trump para "felicita-lo por ganhar eleições históricas" e ambos líderes aproveitaram para abordar temas de interesse das duas nações, segundo explicou em comunicado o gabinete do presidente eleito.

Os dois líderes falaram "das ameaças e dos desafios" que enfrentam Estados Unidos e Rússia, assim como de "temas econômicos estratégicos" e da "histórica" relação entre ambas nações "que remonta a mais de 200 anos atrás".

Pouco antes de o escritório de Trump publicar seu breve comunicado, o Kremlin divulgou sua própria nota sobre a conversa.

Segundo a informação russa, ambos líderes falaram em preparar um encontro pessoal, do conflito sírio, da luta contra o terrorismo e de cooperação no âmbito econômico-comercial.

"Durante a conversa, Putin e Trump não só concordaram que a situação das relações é insatisfatória, mas também se comprometeram a trabalhar conjuntamente para normalizá-las", indica a nota do Kremlin.

Putin e Trump lembraram que no próximo ano se completarão 210 anos do estabelecimento de relações diplomáticas entre a Rússia e os Estados Unidos, o que "por si só deve estimular o retorno a uma cooperação pragmática e mutuamente benéfica, que responda aos interesses de ambos países e à estabilidade e segurança mundiais".

Além disso, o governante russo desejou a Trump sucesso na realização de seu programa eleitoral e lhe expressou seu desejo de abrir um diálogo de parceiros "em pé de igualdade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos