Bombardeios voltam a atingir leste de Aleppo após 3 semanas sem ataques

Beirute, 15 nov (EFE).- Aviões de combate e helicópteros militares atacaram nesta terça-feira diferentes bairros do leste da cidade síria de Aleppo, cercados pelo Exército e controlados pela oposição, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os bombardeios, os primeiros no leste de Aleppo em mais de três semanas, atingiram os distritos de Al Haidariya, Masaken Hanano e Al Sheikh Fares. Ainda não há informações sobre vítimas.

Também foram bombardeadas várias localidades situadas ao oeste, como Al Atareb, Kafr Naha, Dara Aza, Babis e Yamiat al Hadi, assim como Andan, ao norte.

Os ataques aéreos foram suspensos durante a pausa humanitária de quatro dias, iniciada unilateralmente pela Rússia e pelo Exército sírio no dia 20 de outubro.

Enquanto isso, a tensão prevalece nos bairros do leste de Aleppo, onde alguns cidadãos assaltaram armazéns de organizações humanitárias em meio à piora das condições e ao aumento exorbitante dos preços.

O Observatório acrescentou que na parte oeste de Aleppo, sob controle governamental, também existe descontentamento entre os cidadãos pelos saques de casas por parte de milicianos leais ao governo de Damasco, que as autoridades tentam conter.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos