Ryan diz que Trump e Congresso de maioria republicana trabalharão lado a lado

Washington, 15 nov (EFE).- O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o republicano Paul Ryan, prometeu nesta terça-feira que o chefe de Estado eleito, Donald Trump, e a liderança do Congresso, que é dominado por seu partido, trabalharão unidos, o que representará "um melhor caminho" e "dias melhores" para o país.

"Bem-vindos ao amanhecer de um novo governo republicano unificado", disse Ryan hoje na primeira entrevista coletiva da liderança da Câmara, após sua volta ao trabalho depois do recesso eleitoral.

O líder conservador prometeu trabalhar "lado a lado" com o novo governo, e assegurou que está em contato frequente com Trump e sua equipe de transição.

No entanto, Ryan se negou a revelar qual será a agenda da atual sessão do Congresso até janeiro, com os últimos meses do atual presidente, Barack Obama, à frente da Casa Branca.

De todas as formas, o presidente da Câmara prometeu "resolver" os problemas que o povo americano enfrenta, desde o déficit econômico até questões de defesa.

Com a inesperada vitória do magnata do setor imobiliário nas eleições presidenciais de 8 de novembro, os republicanos também mantiveram a maioria nas duas câmaras do Legislativo, o que dará lugar a um governo totalmente conservador durante, pelo menos, dois anos.

No entanto, as divisões geradas dentro do Partido Republicano nos últimos meses com o surgimento do fenômeno Donald Trump no panorama político são um sintoma de que os legisladores republicanos também estarão divididos sobre a atuação do presidente eleito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos